O Vinho – introdução

Desde muito tempo o vinho é considerado um elemento básico na alimentação humana. O que escreveu Olivier de Serres (1600), em seu Théâtre de L’Agriculture resume uma opinião geral que o tempo se encarregou de confirmar: “Depois do pão, o vinho vem como o segundo elemento dado pelo Criador para a preservação da vida e o primeiro elemento celebrado pela sua excelência”.

Mas antes dele, a famosa frase do livro de Eclesiástico, prova que 1000 anos antes da nossa Era já se admitia que o vinho era um alimento de primeira necessidade, tão indispensável como o pão. ” Vá comer alegremente teu pão e beber com gosto teu vinho”.

Ao longo do tempo o homem tem procurado em sua alimentação algo mais que uma simples satisfação de uma necessidade física. Sempre procurou obter através dos alimentos não apenas o simples ato de alimentar-se, mas um conjunto de satisfação física e psíquica, uma maneira de combater a fadiga e preocupação ao mesmo tempo que uma benevolente excitação. 

Além de suas virtudes higiênicas e dietéticas, o vinho – laço de união entre a Terra e o Espírito, é o único alimento que tem respondido, sem dúvida, este desejo inerente à raça humana. Nenhum outro produto da terra toma o seu lugar de honra, nenhum produto fala mais diretamente aos nossos corações, nossos gostos, nossas memórias ou nossos sonhos.  Nem o trigo, através do seu o mito de “pão nosso de cada dia” para milhões de homens, nem o arroz  que garante a sobrevivência de todo um continente, nem o café e nem o chá.

Tudo isso continua fazendo do vinho, o alimento espiritual, cuja história é inseparável da do homem e da civilização, e, sem dúvida, manterá indudavelmente o seu lugar reservado em nossa alimentação.

Nos próximos tópicos seguiremos falando sobre o vinho.

Sobre CocarCafeGourmet

O Cocar Café Gourmet é uma empresa MEI - Microempreendedor Individual, apta a auxiliar a planificação e elaboração de um serviço gourmet para a sua empresa ou em sua própria casa, facilitando suas pequenas festas, reuniões ou simplesmente suas próprias refeições da semana que você poderá congelar em seu freezer.
Esse post foi publicado em Alimentação, Dieta Mediterrânea, Saúde, Saúde mental. Bookmark o link permanente.

2 respostas para O Vinho – introdução

  1. “O conhecimento e a educação sensorial apurada podem obter do vinho prazeres infinitos”. Ernest Hemingway, “Death in the Afternoon”
    O vinho possui o mágico poder de despertar desde um passageiro interesse até uma intensa paixão. Em cada taça, a cada momento, reserva surpresas, oferece uma extensa gama de sensações. É preciso conhecê-lo, então, para bem desfrutar de seus prazeres.
    Parabéns pelo ótimo texto.
    Augusto

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s